Ao flagrar um morador de rua entrando em um container de lixo orgânico do programa da Prefeitura “Porto Alegre Eu Curto, Eu Cuido”, a fotógrafa Débora Birck não teve dúvidas e registrou um ato desesperado de sobrevivência devido a condição miserável que uma parcela da população gaúcha se encontra

Por Débora Birck