William Waack se deu mal. Não surpreende. Como tantos outros “formadores de opinião” da grande imprensa. Já colecionava desafetos e já tinha levado algumas bordoadas ao vivo de colegas, devido ao tratamento estúpido que oferecia.

Mas fiquem atentos: tomou um gancho, vai ficar de escanteio e em seis meses está de volta com a bola toda. Quando ninguém mais lembrar do caso.

Por Tiago Lobo