Sempre que uma nova eleição se aproxima, começam a circular correntes e campanhas a favor do voto branco ou nulo como forma de rejeição a todos os candidatos. Essas mensagens afirmam que, supostamente a lei eleitoral prevê a invalidação de uma eleição se mais de 50% dos eleitores anular o voto ou votar em branco. Mas isso não é verdade. 

Taís Seibt, do Filtro Fact-checking