Filtro no JC: checamos três dados citados por Miguel Rossetto (PT)

O Filtro Fact-checking analisa declarações da série de entrevistas do Jornal do Comércio com os candidatos ao Palácio Piratini. Toda segunda-feira, três citações do entrevistado da semana anterior são publicadas na edição impressa do jornal. Confira a checagem da entrevista de Miguel Rossetto (PT).

Filtro Fact-checking

“O Rio Grande do Sul tem hoje 510 mil desempregados.”

A taxa é medida trimestralmente pela Pesquisa Nacional de Amostra Domiciliar Contínua (PNAD – Contínua) do IBGE. O dado mais recente é referente ao segundo trimestre de 2018 (abril-junho) e aponta aponta 494 mil pessoas desocupadas no Rio Grande do Sul, mas a entrevista com o candidato foi realizada três dias antes dessa divulgação. No trimestre anterior (jan-março), o número era exatamente igual ao mencionado pelo candidato: 510 mil desempregados. Apesar da diferença, o IBGE considera que a taxa de desemprego está estável no RS.

“Hoje, 85% da juventude gaúcha está na escola pública, municipal ou estadual.”

Segundo dados do Censo Escolar de 2017 organizados no site QEdu, startup da Fundação Lemann que reúne indicadores sobre educação, do total de matrículas realizadas em 2017 no Rio Grande do Sul (2,3 milhões), 83,95% (2 milhões) foram na rede pública e apenas 16,05% (383 mil) na rede privada de ensino. Na rede pública estadual, entretanto, foram registradas 952 mil matrículas no ano passado.

“Hoje, 50% dos apenados do Rio Grande do Sul não têm sentença definitiva.”

Rossetto se baseou em dados do Conselho Nacional de Justiça (CNJ). O levantamento indicado aponta que 34,5% da população carcerária do RS é de presos provisórios, ou seja, ainda não condenados. Comunicada sobre a discrepância, a assessoria respondeu: “Os dados disponibilizados pelo CNJ são de 2014. A situação dos apenados e o número de presos no RS se avolumou ao longo dos anos. Na ausência de dados atualizados, trabalhamos com o estimado de 50%”. De acordo com a Susepe, atualmente há 40.081 presos no RS, sendo 13.693 provisórios – 34,1% do total. Leia mais sobre este tópico

Relacionados