Entrevistado na manhã de quarta-feira, 8 de agosto, pelos jornalistas Patrícia Comunello (Jornal do Comércio) e Renato Dornelles (Diário Gaúcho) no Painel Eleitoral ARI 2018, Jairo Jorge (PDT) falou sobre a situação econômica do estado que pretende governar. Checamos três dados citados pelo candidato pedetista ao Piratini.

Taís Seibt, do Filtro Fact-checking

Representando o PSOL, Roberto Robaina, foi o segundo candidato ao governo do Rio Grande do Sul a responder as perguntas de jornalistas gaúchos no Painel Eleitoral da Associação Riograndense de Imprensa (ARI), no dia 7 de agosto. As conversas com os postulantes ao Palácio Piratini em 2018 seguem até a próxima terça-feira, 14, e são abertas ao público. Checamos três frases do candidato.

Naira Hofmeister, do Filtro Fact-checking

De 7 a 14 de agosto, a Associação Riograndense de Imprensa (ARI) promove uma série de entrevistas com os candidatos ao governo do Rio Grande do Sul no salão nobre da ARI, centro histórico de Porto Alegre. A equipe do Filtro Fact-checking acompanha as entrevistas para verificar a precisão de dados citados pelos concorrentes ao Piratini.

Taís Seibt, do Filtro Fact-checking

Única mulher entre os pré-candidatos ao governo do Rio Grande do Sul, a caxiense Abigail Pereira, 57 anos, entra na disputa pelo PCdoB. “Biga”, como é conhecida entre os companheiros de partido e movimentos sindicais, é formada em Pedagogia e é servidora pública em Caxias do Sul.

Por Danillo Lima, Júlia Provenzi e Yuri Correa*

Ex-prefeito de Pelotas e atual presidente estadual do PSDB, Eduardo Leite é advogado e começou cedo na política. Em 2012, aos 27 anos, foi o prefeito mais jovem da história de Pelotas, quarto maior colégio eleitoral do Rio Grande do Sul. Já tinha sido eleito vereador na cidade, em 2008, e foi também secretário municipal da Cidadania, em 2005.

Por Heloíse Bordin, Taciana Farias e Thayse Uchoa*

A trajetória política de Luis Carlos Heinze acompanha a história do Partido Progressista (PP), desde o tempo em que se chamava Partido Democrático Social (PDS), passando mais tarde a atender por Partido Progressista Brasileiro (PPB), até chegar à nomenclatura atual – que em breve será atualizada para Progressistas.

Por Jacqueline Jorge e Lucas Borghetti*

Primeiro a lançar a pré-candidatura ao governo do Rio Grande do Sul para as eleições de 2018, Jairo Jorge (PDT) tem como principal argumento de campanha o desempenho de sua gestão como prefeito de Canoas, quarto maior município gaúcho. Jairo governou a cidade da Região Metropolitana por dois mandatos, de 2009 a 2016, quando ainda era filiado ao PT.

Por Emerson dos Santos, Mariana Barcellos e Natalia Henkin*