Sempre que uma nova eleição se aproxima, começam a circular correntes e campanhas a favor do voto branco ou nulo como forma de rejeição a todos os candidatos. Essas mensagens afirmam que, supostamente a lei eleitoral prevê a invalidação de uma eleição se mais de 50% dos eleitores anular o voto ou votar em branco. Mas isso não é verdade. 

Taís Seibt, do Filtro Fact-checking

Tendo como candidato a vice o delegado Ranolfo Vieira Júnior (PTB), que foi chefe da Polícia Civil no RS de 2011 a 2014, no governo Tarso Genro (PT), Eduardo Leite (PSDB) fez referência ao aumento na taxa de elucidação de homicídios no estado no período em que o colega de chapa esteve à frente da polícia. Com a criação de delegacias especializadas na investigação de homicídios, a taxa de elucidação desses crimes passou de 20% para mais de 70% de 2013 para 2014. 

Taís Seibt e Bruno Moraes, do Filtro Fact-checking

Candidato do PT ao governo do Rio Grande do Sul, Miguel Rossetto afirmou que o porto do Rio Grande, que concentra as mais importantes exportações gaúchas – de produtos primários, como a soja, aos automóveis – estaria perdendo calado pela falta de dragagem, prejudicando a movimentação de cargas. A declaração ocorreu em sabatina promovida pela Associação Rio-Grandense de Imprensa no dia 9 de agosto.

Naira Hofmeister, do Filtro Fact-checking

Em entrevista para o site da Revista Veja, publicada no dia 22 de julho de 2018, o candidato ao governo gaúcho pelo PSDB, Eduardo Leite, falou sobre o custo dos servidores inativos para os cofres estaduais. O Truco nos Estados – projeto de fact-checking da Agência Pública, feito no Rio Grande do Sul em parceria com o Filtro Fact-checking – verificou o dado mencionado pelo candidato.

Bruno Moraes, do Filtro Fact-checking

Ao participar do Painel Eleitoral 2018, promovido pela Associação Riograndense de Imprensa (ARI), no dia 7 de agosto, o candidato do PSTU ao governo gaúcho, Júlio Flores, disse que, se eleito, pretende acabar com as isenções fiscais a grandes empresas para recuperar as contas públicas. Além disso, ele também mencionou “o dinheiro da suspensão do pagamento da dívida” e “a retomada dos recursos da Lei Kandir” como indutores do equilíbrio de caixa.

Taís Seibt, do Filtro Fact-checking

O Truco nos Estados – projeto de fact-checking da Agência Pública, feito no Rio Grande do Sul em parceria com o Filtro Fact-checking – checou uma declaração do candidato ao governo do Rio Grande do Sul pelo partido Novo, Mateus Bandeira, em entrevista para o Jornal do Comércio, de Porto Alegre, publicada na edição impressa do dia 6 de agosto de 2018.

Taís Seibt, do Filtro Fact-checking