AÇÃO JUDICIAL
Caxé, empreiteira de Gustavo Macedo, sobrinho do ex-conselheiro do TCE Sabino Paulo, está entre as mais de 10 envolvidas na suposta fraude que teria superfaturado mais de R$ 13 milhões e superfaturaria mais se não tivesse existido denúncias, segundo se infere dos relatórios técnicos já prontos. O 180iniciou há algum tempo a cobertura do caso e já falou sobre quase todas as empreiteiras. A Caxé, no entanto, foi a única a ingressar com uma ação judicial contra três jornalistas do portal, incluindo o titular do Blog Bastidores, e o próprio portal, com uma lunática narrativa jurídica.

Por Rômulo Rocha – De Brasília

Publicada originalmente no dia 07/07/2017 em Portal180

Os pais do indiozinho kaingang degolado por um branco na rodoviária de Imbituba, na antevéspera do ano novo, não eram mendigos. Estavam naquela praia vendendo artesanato para melhorar em 2016: “A gente precisava uma geladeira nova e material escolar para a filha mais velha”, conta dona Sônia, a mãe de Vitor, o menino martirizado.

Por Renan Antunes de Oliveira

Publicado originalmente em DCM