Na tarde de 20/09, o Ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), cassou os efeitos da liminar de “tutela antecipada” imposta pela juíza da Comarca de Teresina, Lygia Carvalho Parentes Sampaio. A liminar impedia os jornalistas Rômulo Rocha, Apoliana Oliveira e Aquiles Nairó, além do Portal 180, de publicarem reportagens sobre a Construtora Caxé e seu proprietário, Gustavo Macedo Costa, investigados por autoridades públicas. Mais de 20 reportagens foram retiradas do ar por conta da liminar. Nós  republicamos 17 delas enquanto estavam sob censura.


O Portal 180, do estado do Piauí, denunciou um esquema de corrupção investigado pelo Ministério Público que já acumula mais de 43 procedimentos para apurar obras superfaturadas de estradas vicinais no Instituto de Desenvolvimento do Piauí (IDEPI). A fraude ocorreria desde 2014 e teria gerado um rombo de R$13 milhões aos cofres públicos, segundo o MP.